Pássaros silvestres são apreendidos em residência na zona norte

Manaus/Am A Polícia Militar, por meio do Comando de Policiamento Ambiental (CPAMB), na tarde deste sábado (30/11), realizou a apreensão de diversos pássaros silvestres no Vale do Sinai, no bairro Cidade Nova, zona norte da capital. Na ação, foram apreendidos 48 pássaros, que eram mantidos por um homem de 49 anos em uma residência, sem autorização de órgão ambiental e em condições inadequadas, causando maus-tratos aos animais.


Na ação, desenvolvida durante a “Operação Natal da Paz”, por volta das 17h, as viaturas 1614 e 7681 se deslocaram até o Vale do Sinai a fim de averiguar denúncia feita via linha direta do Batalhão Ambiental, informando a respeito de um criadouro ilegal de pássaros silvestres nativos.


No local, foi feito contato com o homem, que confirmou haver aves silvestres em sua residência. Ele apresentou apenas uma relação de passeriformes expedido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), porém a documentação estava vencida. Além do documento, ele não exibiu nenhum tipo de autorização dos órgãos ambientais para prática da atividade de criação.


A Perícia Técnica foi acionada de imediato e, ao chegar ao local, os agentes também constataram a prática de maus-tratos aos animais, devido aos 48 pássaros encontrados estarem acondicionados de maneira não adequada.
Diante dos fatos, o homem, juntamente com as aves que estavam em situações irregulares foram conduzidos ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para os procedimentos cabíveis.